A UNIVERSIDADE NO CONTEXTO INTERNACIONAL

  

A Universidade Nacional de Luján tem adotado a vinculação internacional como uma de suas principais linhas de política, em todas suas estratégias acadêmicas.

Esta vocação pela dimensão internacional é concretizada em programas orientados para fortalecer o trabalho acadêmico em redes internacionais de pesquisa e docência, a mobilidade de docentes e estudantes, as publicações conjuntas, a participação em fóruns internacionais e o desenvolvimento de iniciativas de cooperação com instituições de reconhecido prestígio.

No intenso processo de internacionalização que dá uma nova fisionomia ao mundo de hoje, não é possível fazer docência superior e pesquisa científica e tecnológica fora de um marco de cooperação.

A Universidade participa de forma sustentada em programas de mobilidade estudantil pois valoriza a dimensão intercultural bem como o enriquecimento da formação de nossos estudantes, preparando-os para o mundo do trabalho caracterizado por profundas transformações econômicas, sociais e políticas, em um contexto onde tem destaque a irrupção das novas tecnologias da informação e a comunicação.

O fortalecimento de laços de colaboração de nossos docentes pesquisadores com grupos de pesquisa de universidades estrangeiras tem sido consolidado nestes últimos anos como uma das expressões mais notórias das estratégias de internacionalização. Assim, fazemos parte de importantes redes de pesquisa internacionais e participamos em projetos conjuntos no marco de programas de cooperação internacional.

Atualmente, continuamos trabalhando na incorporação da variável internacional e intercultural nas estratégias acadêmicas e nos programas de ensino e pesquisa de nossa Universidade.